No último dia de viagem de troca de experiência entre o ProEA e o Programa de Educação Ambiental da Companhia Docas do Pará em convenio com a Universidade Federal do Pará nos deslocamos até a Fundação Escola Bosque – Professor Eidorfe Moreira. Localizada a pouco mais de 50 minutos do centro de Belém, tal instituição funciona através de um Plano Político Pedagógico diferenciado: tem na Educação Ambiental o eixo norteador para toda e qualquer ação.

As coordenadoras Nara Celi e Auride
As coordenadoras Nara Celi e Auride

Nesse dia fomos recebidos pelas professoras Nara Celi Alves Moraes (Coord. do Curso Técnico em Meio Ambiente) e Auride Regina Moraes (Coord. de Educação Infantil e Fundamental)

Tal escola está inserida em meio ao verde da floresta, adaptando seus espaços a essa realidade – fazendo dela uma parceira de ensino-aprendizagem e de espaço qualificado para qualquer ação educativa que envolve a promoção da Educação Ambiental no ensino público.

Seus professores trabalham, exclusivamente, a partir de projetos de ensino que são levantados pelas turmas, na qual os alunos elencam um tema a ser trabalhado e o professor opera seu “conteúdo formal” a partir dessa temática que os próprios discentes apresentaram como demanda de ensino-aprendizagem.

P1010374Assim é forjado um plano de ação dentro da escola, com a especificidade de cada turma e a integração dessas no projeto maior da escola, que o empoderamento dos alunos, a busca da autonomia perante a sociedade através do diálogo.

Podemos dizer que tal experiência, tal contato, promoveu uma grande comoção em nossa equipe, que nunca havia visto algo daquele porte, e com tal fundamento sendo posto em prática de maneira tão efetiva. Cabe salientar que trata-se de uma instituição municipal, mas que opera com uma ampla gama de parcerias que fomentam esse projeto com expertises e suportes técnicos.

P1010397Os espaços educativos são vários, as salas de aula possuem nomes de plantas ou animais, os projetos ligados à hortas e plantios diversos, e o comprometimento dos professores é o ponto fundamental para que exista sucesso no referido projeto de ensino.

E assim foi encerrada a viagem de trabalho da equipe ProEA, com esse belíssimo exemplo da escola Bosque. Com toda a certeza muito do que vimos e ouvimos ainda ecoa dentro de nós, de maneira diferenciada em cada um, fazendo com que as reflexões sigam.

Prof. José Vicente e Marilena com as coordenadoras
Prof. José Vicente e Marilena com as coordenadoras

O passo seguinte, após esse processo de interiorização, é pensar nos vários pontos de intersecção que podem, e devem, ser fomentados em nossas terras. Agora é voltar com muita experiência na bagagem, e acima de tudo com a certeza que chegamos no Sul diferentes, sensibilizados e prontos para re-iniciar o trabalho com ainda mais vontade, pois sabemos que já não estamos mais sozinhos nesse processo da educação ambiental portuária no Brasil.

Site da Escola: Escola Bosque

Avante!

P1010390 P1010392 P1010401

P1010404

P1010380

Anúncios