Na última semana o ProEA realizou mais um dos seus Círculos de Diálogo, já em seu décimo quarto encontro. O local, dessa vez, foi o Setor da Biblioteca/Acervo da Superintendência do Porto do Rio Grande, que tem como responsável a bibliotecária e especialista em História do Rio Grande do Sul, Gladis Ferreira.

Gladis dando as boas vindas ao grupo
Gladis dando as boas vindas ao grupo

Gladis abriu as portas do seu setor para o nosso encontro, que dessa vez tinha como pauta os seguintes temas:

 – Elaboração do Minuto Ambiental

 – Blitz Ambiental a ser realizada nesse mês de novembro

 – Talento Portuário: Paulo Amaral (Paulinho Peixe-Rei, Setor da Oficina)

DSC01593 DSC01598 DSC01602

O Minuto Ambiental é uma nova proposta a ser construída coletivamente, que consiste em intervenções setoriais pontuais, a fim de realizar o apuro de demandas junto aos trabalhadores ali presentes.

Por sua vez, a Blitz Ambiental é tema que se encontra em fase de finalização, servindo esse Círculo para definir a data, forma de abordagem e material publicitário. Será uma ação realizada de forma conjunta, contando com os setores da Guarda, Balança e Exportação como parceiros, visando inserir os caminhoneiros no horizonte de ação do ProEA.

Por fim, no que tange a reunião, cabem algumas palavras sobre o Talento Portuário desse mês, o servidor da SUPRG Paulo Amaral, o famoso Paulinho Peixe-Rei que trabalha na Oficina da instituição já faz mais de vinte cinco anos. Ele realiza um trabalho voluntário em sua comunidade, a 5ª Secção da Barra (São José do Norte/RS), de organizar um acervo de livros, revistas, jornais, e toda uma série de documentos referentes à história da própria comunidade.

Paulinho transformou isso numa ação contínua na sua vida, criando uma Biblioteca hoje à disposição da comunidade. Ou seja, realiza uma ação social importante de difusão e acesso cultural a todos, de forma gratuita e popular.

DSC01618DSC01642

Poucas vezes foi reconhecido pelo trabalho que realiza extra-porto. E o ProEA, percebendo isso, acredita que espaços como esse que criou dentro dos Círculos de Diálogo, proporcionam um reconhecimento necessário, além da valorização do seu próprio corpo de trabalhadores.

Além de mostrar aos participantes um fragmento de seu acervo, Paulinho foi convidado por Gladis, a chefe da Biblioteca, a integrar o corpo de trabalho que existe acerca do patrimônio da SUPRG, além de ganhar uma exposição de seu material junto à biblioteca da instituição.

E assim foi encerrado mais um Círculo de Diálogo promovido pelo ProEA, fortalecendo os laços internos que o cercam e projetam um cotidiano de trabalho ainda mais interligado e comprometido com o bem estar dos trabalhadores que dialoga.

Anúncios