Uma das premissas de médio e longo prazo junto ao nosso trabalho na Superintendência do Porto do Rio Grande é o protagonismo dos sujeitos, a possibilidade dos trabalhadores incorporarem os processos implementados pelo ProEA independente da nossa presença. Cabe ao ProEA apresentar as metodologias, realizar as formações e empoderar os servidores da SUPRG para que eles sigam os novos procedimentos enquanto protagonistas e multiplicadores.

Esse é um dos nossos papéis hoje, a busca desses objetivos. E quando pensamos na maneira que isso pode ser alcançado, fica claro que é somente através do diálogo, da aproximação dia-dia com os trabalhadores, até àquele ponto em que os mesmos compreendem a nossa tarefa, que isso se torna possível. Não há diálogo sem compromisso e afeto de ambas as partes.

E os resultados podem ser percebidos em falas como essa, da servidora pública da SUPRG Sônia, da Direção Técnica (DT): “Nunca houve isso antes, nunca foi tão alegre trabalhar aqui”, diz ela com seus mais de 30 anos de dedicação. E quando fala isso, a mesma se refere a uma atividade proposta pelos colegas do Setor da Contabilidade, uma Festa Junina.

Dito assim parece insignificante para quem lê, porém, para o cotidiano da instituição é uma transformação – desses que podemos sentir, palpável. Isso porque essa confraternização surge a partir da metodologia do ProEA no que diz respeito a organização de qualquer atividade. Existiu um planejamento desse encontro comemorativo a partir da reunião do setor, depois foram elaborados convites e os mesmos distribuídos a partir de uma sensibilização.

E o próprio setor chamou o ProEA para não só “divulgar”, mas para mostrar como tudo foi feito e organizado, apontando a inspiração no Programa de Educação Ambiental. Um ato como esse comprova a atual situação do ProEA em vários de seus procedimentos que estão em desenvolvimento. Seguem alguns registros dessa ação:

DSC03534DSC03555

Anúncios